Curso de Pet Sitters Bem vindo a Pet Sitters ! Facebook Pet Sitters Twitter Pet Sitters Google Plus Pet Sitters

DICAS PARA ESCOLHER

Procure referências sobre o Pet Sitter 1. Procure obter referências sobre o Pet Sitter que irá contratar, como informações de pessoas que já recorreram aos seus serviços dele para confirmar se ficaram satisfeitas (lembre-se: é como escolher uma babá: pergunte tudo o que quiser saber!);
Perfil do Pet Sitter 2. O Pet Sitter a ser escolhido deve se preocupar em diagnosticar o relacionamento, os cuidados e a rotina oferecida ao animal por seu dono. Antes de fazer o atendimento, deve solicitar ao dono um período de observação, para conhecer o animal. Sua proposta de trabalho deve ser clara, de acordo com a raça e as especificidades do animal do qual cuidará, sendo coerente com os objetivos pretendidos;
Contrate um Pet Sitter que tenha feito cursos 3. Contrate apenas um Pet Sitter que tenha feito curso profissionalizante e que busque constantemente se aperfeiçoar na profissão. Pergunte-lhe qual a sua formação, que cursos já fez, quais foram suas experiências. Ele deve utilizar apenas cuidados efetivos baseados em recompensas e estímulos positivos, e permitir que o dono do animal assista aos passeios e cuidados, se este assim o desejar;
O Pet Sitter deve ensinar o dono regras de convivência com cães 4. É fundamental que o Pet Sitter ensine ao dono (no caso de cães), com gentileza e educação, a forma adequada de proceder com o seu cão, caso passeie com ele, bem como estimule a atividade física e mental do animal, como colocar regras e dar carinho na dosagem e na forma corretas;
Lembre-se: o mais importante são a saúde e a felicidade do seu cão! 5. Se o animal (especialmente o cão) é sempre alegre e não tem problema grave de comportamento, deve demonstrar afeição pelo Pet Sitter, deve recebê-lo para os cuidados e interações com alegria e motivação. Se você perceber que o Pet Sitter e o cão (nesse caso, vale para outro animalzinho qualquer) não se deram bem ou que o cão tem medo dele, é recomendável substituir o profissional. Confie naquilo que seu animal está querendo lhe dizer. E lembre-se: o mais importante são a saúde e a felicidade do seu cão.
Assista a alguns passeios, à distância, sem que o Pet Sitter perceba. 6. Se possível, assista a alguns cuidados, à distância, sem que o Pet Sitter perceba que está sendo observado. Agindo dessa forma, você terá a certeza de que o seu cão realmente está tendo passeios com carinho, segurança e atenção que merece. Da mesma forma, repare em todos os comportamentos de seus animaizinhos, depois que o Pet Sitter vai embora. Essas informações são preciosas para avaliarmos o trabalho do Pet Sitter.

Há Pet Sitters que não cuidam de cobras, aranhas, animais peçonhentos. 7. Há Pet Sitters que não cuidam de cobras, aranhas, animais peçonhentos, etc. Ao contratar um profissional, não se esqueça de especificar bem as características de seu bichinho.

 
Observação: O site cursodepetsitter.com.br não se responsabiliza por quaisquer serviços prestados pelos PetSitters aqui relacionados. Apenas estamos divulgando todos os PetSitters que fizeram curso conosco, mas não conhecemos os serviços prestados pela maioria deles. Portanto, é fundamental que você atente a todas as sugestões acima, principalmente às de número 5 e 6.
 
O Pet Sitter garante mais alegria e bem estar para os cães e seus donos.
Próximos Cursos
Em Setembro - Vagas preenchidas
Em Outubro - Dia 15
Em Novembro - Dia 12
Em Dezembro - Dia 03
Em Janeiro - Dia 14
Outros Cursos
Dr. Dog
Curso de Pet Sitter
Nossa Localização
Rua Armanda, 89 - São Paulo - SP.

Avaliação da página Dicas para escolher um Pet Sitter Profissonal

Avaliação: 4.6 de 5 | Número de avaliações: 31 | Comentários: 16
Descrição: Leia as nossas dicas para escolher um Pet Sitter. 1. Procure obter referências sobre o Pet Sitter que irá contratar, bem como informações...
Vivo/Whatsapp: (11) 99201-1821 - Curso de Pet Sitter, Curso de Pet Sitters © 2016
ARQUIVO CRÉDITOS NÃO ESTÁ ABRINDO, ESTÁ COM ERRO OU NÃO POSSUI A ASSINATURA.